Na última segunda-feira ocorreu o Apple Special Event em Cupertino, Califórnia. O primeiro evento de lançamento de 2019 marcou um novo rumo para a gigante norte-americana, trazendo novas experiências e impactando diversos segmentos do mercado. Confira os lançamentos!

Apple News+

Primeiro a ser apresentado, o serviço de assinatura de jornais e revistas é lançado como a versão premium do seu antecessor em 2015, o Apple News. O premium irá oferecer em formato de catálogo mais de 300 jornais e revistas por US$ 9,99 mensais. Buscando agradar os mais variados públicos, o novo serviço irá agregar conteúdos como política, economia, entretenimento, esportes, moda,  entre outros.

Wall Street Journal, Rolling Stone, Time, National Geographic, Men’s Health, Variety, Vogue, GQ e Wired são alguns dos conteúdos disponíveis na plataforma on-line ou off-line, através do download do material. Já disponível nos EUA e Canadá, nem o Apple News ou Apple News Plus tem previsão de chegada no Brasil.

Apple Card

Talvez a maior surpresa do evento, o próximo apresentado foi o Apple Card, o cartão de crédito da fabricante. O cartão será administrado diretamente através da Wallet do Apple Pay, que em parceria ao Goldman Sachs e o Mastercard, não cobrará taxas, inclusive as de anuidade ou de compras internacionais. A fim de estimular a visão financeira dos seus usuários, conta com ferramentas de gerenciamento, além de fornecer relatórios e suporte 24 horas através do aplicativo.  

O programa de recompensas do cartão bonifica o usuário com cashback. Nomeado de Daily Cash, o benefício consiste no retorno em dinheiro de uma porcentagem dos seus gastos. Todas as compras realizadas com o Apple Pay restituem 2% do valor gasto. Compras realizadas diretamente com a fabricante, seja na app store ou nas lojas da Apple, terão retorno de 3%. Já as compras feitas com o cartão físico retornam 1%.

O cartão internacional também será oferecido em versão física para o uso em estabelecimentos que não oferecem a tecnologia NFC. Para oferecer mais segurança e privacidade, o cartão não apresentará dados como número do cartão, código de verificação ou validade. Todas essas informações serão armazenadas no chip. As compras deverão ser validadas através de autenticação (Touch ID ou Face ID). A expectativa é que o Apple Card seja lançado entre junho e setembro deste ano nos Estados Unidos.

Apple Arcade

Com mais de 300 mil jogos disponíveis na App Store, é a vez do Apple Arcade ser anunciado, o novo serviço de assinatura de jogos da empresa norte-americana. Em parceria com inúmeras e renomadas desenvolvedoras como a brasileira Aquiris, SEGA, Disney, Konami, Gameloft, entre outras, o lançamento promete oferecer mais de 100 jogos exclusivos e títulos para os assinantes.

O Apple Arcade ganhará uma aba exclusiva na App Store, e todos os jogos estarão disponíveis on-line e offline. O acesso a todos os jogos será disponibilizado em todas as plataformas da fabricante: iPhone, iPad, Apple Tv e Mac. Além disso, o serviço permite a transição entre as plataformas sem comprometer a experiência, ou seja, os usuários poderão continuar a jogar de onde pararam mesmo tendo trocado de dispositivo.

Sem propagandas e compras adicionais, o serviço personalizado oferece mais segurança ao disponibilizar compartilhamento com a família. O Apple Arcade oferecerá jogos da Annapurna Interactive, Bossa Studios, Cartoon Network, Finji, LEGO, Snowman e outras empresas. O serviço estará disponível no final de 2019 em mais de 150 países. O valor da assinatura não foi divulgado.

Apple Tv+

O campo dominado pela Netflix acaba de receber outro concorrente em potencial. A batalha que antes envolvia HBO Go, Amazon Prime Video e Netflix, agora ganha mais concorrente para entrar nesta disputa. Eis que a grande norte-americana lança o seu serviço de streaming de filmes e séries. Trata-se de uma plataforma de conteúdo próprio e exclusivo para assinantes, que conta com cineastas e atores renomados de Hollywood como Steven Spielberg, Jennifer Aniston, Steve Carell, Reese Witherspoon, Jason Momoa, Octavia Spencer e até mesmo a apresentadora Oprah Winfrey.

Além de utilizar a inteligência artificial para fornecer sugestões específicas para cada usuário, o Apple Tv+ promete melhores experiências de qualidade e som. Estará disponível para os dispositivos da fabricante e também para as Smart Tvs das marcas Samsung, LG, Sony e Vizio.

Por meio do Apple Tv+, a empresa produzirá documentários, dramas, suspenses e produções infantis próprias, sem anúncios e com disponibilidade on-line e off-line. A previsão de disponibilidade é para o 2º semestre de 2019 em mais de 100 países ainda não divulgados.

Agora fica a dúvida: Será que a Apple vai entrar com um preço competitivo e cravar uma batalha direta com a Netflix ou oferecerá o conteúdo por um valor mais expressivo?

Nós estamos prontos para assistir os próximos capítulos dessa batalha! E você?