A orientação é clara, mas sabemos que o isolamento não é uma tarefa fácil. Lidar com o tempo ocioso pode ser um desafio e tanto para aquelas pessoas que estão acostumadas com rotinas agitadas.  

E não apenas isso. Muitos negócios tem fechado as portas por tempo indeterminado trazendo incertezas para inúmeros empreendedores e profissionais dos mais variados setores.  

Estes cenários exigem um momento de reflexão e adaptação, mas através da tecnologia e da criatividade, é possível enxergar perspectivas positivas para ambos.

Para aqueles que adotaram o home office ou tiveram férias antecipadas: aproveite o momento!

Aprenda a trabalhar em um ambiente diferente com as suas particularidades. Usufrua desta adaptação para evoluir.

Realize pagamentos e consultas de saldo pelo app do seu banco. Tire um tempo para melhorar o seu inglês ou aprender um novo idioma, para fazer uma receita nova ou ler aquele livro que você sempre quis ler, mas nunca teve tempo.  

Coloque o corpo e a mente para funcionar com o auxílio de um aplicativo de exercícios ou de meditação. Você pode realizar todas essas atividades no conforto e na segurança da sua casa.  

Agora, para aqueles que vivem um momento de adaptação em seus negócios, use a tecnologia e a criatividade a seu favor!  

Grandes empresas, universidades e inúmeros negócios têm se aliado a estes fatores para continuarem em ação durante este período.  

Prestadores de serviço passaram a encontrar alternativas digitais, seja com o atendimento de clientes e vendas online ou com a produção de conteúdo para manter o público do seu negócio ativo.  

Restaurantes e lanchonetes têm apostado no delivery. Profissionais que trabalham com atendimento, como instrutores de academias e até mesmo psicólogos, têm oferecido os seus serviços via redes sociais, como lives no Instagram de treinos e orientações e até mesmo sessões de terapia via videochamadas no Skype e WhatsApp.  

A psicóloga Jorgenéa Abneder é uma dessas entendeu isso. Ela conta que usa o Messenger do Facebook e o WhatsApp para fazer os atendimentos, mas afirma que esse tipo de serviço não é novidade. “Isso já era usado por profissionais de vários segmentos. Eu iniciei hoje, respeitando as particularidades de cada cliente”, afirma a psicóloga na entrevista para o Valor Investe.  

A equipe do Black Cat Dance Center, centro de dança de Blumenau, também entra nessa lista. No início da última semana, após o decreto do Governo do Estado de Santa Catarina, o centro teve todas suas aulas presenciais suspensas, com retorno previsto para a primeira semana de abril.  

A diretora do BCDC e da Escola de Dança do Teatro Carlos Gomes, Bruna Oechsler, conta que desde as primeiras informações sobre o cenário brasileiro e catarinense em relação à pandemia a equipe rapidamente providenciou formas de atender não só aos alunos como também toda a comunidade que, nestas circunstâncias, necessita de momentos de descontração e lazer.

“Nossa equipe se prontificou a ministrar aulas online, sejam pelas lives que temos diariamente, ou pelos vídeos tutoriais que encaminhamos para grupos específicos no WhatsApp, para que todos continuem as suas coreografias e os conteúdos que estaríamos ministrando em sala de aula”, comenta Bruna.  

Estamos otimistas, querendo o quanto antes rever todos os nossos bailarinos e voltar a sentir a energia que só uma sala de aula cheia pode transmitir. Porém, sabemos da importância que é estar em casa, e pelo menos com as ferramentas que temos hoje, podemos levar toda a alegria que a dança pode proporcionar para a casa das pessoas”, finaliza a diretora e coreógrafa Bruna Oechsler.  

Segundo o professor da Escola de Administração da Fundação Getulio Vargas (FVG) Renan Pieri, o auxílio da tecnologia é fundamental em momentos de crise, e foi, inclusive, o que tem ajudado o Brasil a recuperar o nível de ocupação desde a recessão. “Nos últimos dois anos tivemos recuperação de emprego e foi quase tudo puxado por vagas informais, serviços oferecidos por aplicativos, como os de transporte e até mesmo de serviços”, afirma.

Estes são apenas alguns exemplos de profissionais e empreendedores que buscaram se adaptar e contar com a tecnologia para dar continuidade aos seus trabalhos.  

Vivemos um momento delicado, e por isso, é tempo de repensar nossos modos de vida e trabalho a fim de buscar inspirações que nos auxiliam enfrentar essa pandemia juntos da melhor forma.

Use a tecnologia a seu favor, abuse da criatividade e transforme este momento em oportunidade!